Início > Textos de Terceiros > Outro perfil de usuário

Outro perfil de usuário

Especialista alerta para a necessidade de adaptação dos softwares a diferentes públicos

por Salis Chagas da Revista Locus – Jan. 2009

A tecnologia da informação precisa, com urgência, de investimentos para desenvolver softwares voltados a pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza. Essa é a constatação do presidente honorário da Universidade de Berkeley, na Califórnia, C. V. Ramamoorthy, que esteve no Brasil em novembro do ano passado, participando da 5ª Conferência Internacional de Integração de Sistemas. Segundo Ramamoorthy, dois terços da população mundial não têm acesso à tecnologia, pois os softwares atuais são focados nas pessoas com alto poder aquisitivo.

O currículo de Ramamoorthy lhe confere autoridade para apontar tendências. Graduado em Física e Tecnologia, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e Ciências da Computação, ele foi um dos três engenheiros que desenvolveram o primeiro computador transistorizado da história – Honeywell (H290). Para Ramamoorthy, hoje a solução é inovar, desenvolvendo softwares que interajam uns com os outros em diversas áreas, a fim de atender, por exemplo, as necessidades do homem do campo, possibilitando que o agricultor acompanhe, pelo computador, as diversas etapas de produção. “Isso já ocorre na China e na Índia, onde a migração do campo para a cidade diminuiu, mostrando o quanto é válido o processo de desenvolvimento de softwares destinado a pessoas de baixa renda”, afirmou.

Novas demandas

Ramamoorthy alerta para a expectativa de vida da população em 2020, estimada em 128 anos. Segundo eles, as empresas de tecnologia da informação devem investir na criação de equipamentos e sistemas que acompanhem não apenas o crescimento, mas também o envelhecimento populacional. O pesquisador sugere a interação de todas as disciplinas relacionadas à computação, denominada por ele de “convergência de tudo”, tornando a integração dos softwares mais acessível.

Durante a conferência da qual participou Ramamoorthy, profissionais da área de TI reclamaram da falta de investimentos em tecnologia em todo o mundo. Para o presidente do Programa Instituto Internacional de Integração de Sistemas, Fuad Gattaz Sobrinho, os investimentos devem priorizar recursos humanos para gerar inovações. “Deve-se investir no que chamados de protocolos: protocolos de conteúdo, protocolos de comunicação, protocolo de interface e protocolo de sistemas. Quando se desenvolve um protocolo, o retorno sobre o investimento é alto”, explica. Segundo Fuad, a integração pode ser considerada uma das principais tendências na área de TI.

Postado por: Jonas Beto Rompkovski
Supervisor e Analista de Sistemas

Categorias:Textos de Terceiros Tags:
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: